close
Ciência e Tech

O que 100,000 Volts faria com carne humana?

Você já parou para pensar em como são gravados os efeitos sonoros dos jogos de FPS ou daquele filme cheio de carnificina? Dependendo da parte do corpo, utiliza-se carcaça de porcos em conjunto de frutas como o melão, principalmente esse, graças a sua estrutura externa sólida e interior gelatinoso – sim, estou falando do som daquele celebrado headshot. Pois bem, além desses dois temos o gel balístico, que possui quase a mesma viscosidade e densidade do tecido muscular humano.

Alguém pensou: Como seria eletrocutar esse material em altas voltagens?

Amante de brinquedos perigosos para adultos, o Andy do canal Photonicinduction fez o teste, utilizando suas geringonças para simular a reação da carne humana com voltagens que vão de 250 volts até 100,000 volts.

Como você pode ver no vídeo abaixo, utilizando uma potência de 250 volts, as sondas de metal cortam o gel como se fosse manteiga. Aumentando para 2,500 volts, o gel começa a evaporar instantaneamente. Utilizando 100,000 volts… Bom, vou deixar para você assistir, mas adianto que é algo muito parecido com os poderes de um grande vilão de Star Wars.

Os mais ligados em eletricidade sabem que há influência de outros fatores como amperes e ohms na potência de uma carga elétrica, e que apesar do gel balístico possuir a mesma densidade, ele dificilmente possui a mesma condutividade que o corpo humano. Mas claro, não custa ver o poder que a eletricidade poderia exercer em um objeto orgânico.

Para saber mais sobre ciência, tecnologia e tudo o mais, fique ligado no Rota42.

Tags : 100000 volts250 volts2500 voltsEletricidadeGel BalísticoTecido Muscular Humano
Thomaz Maioline

O autor Thomaz Maioline

Leitor de ficção cinetífica, hi-tech afficionado, fã de Seinfeld. Fanático com música, livros e quadrinhos. Caçador de barganhas.