close
MobileNotícias

Corrida compartilhada | A Google está querendo matar o Uber?

Não, a Google (ou Alphabet) não está desenvolvendo um novo aplicativo que interliga motoristas e pedestres, mas sim o conceito de corrida compartilhada, onde pessoas podem compartilhar trajetos por um preço ainda mais barato do que os praticados pelo Uber.

Os testes estão começando na cidade de São Francisco e o serviço utilizará como base o aplicativo Waze. Pode parecer estranho para alguns, mas Johana Bhuiyan do Buzzfeed diz que esse serviço já está funcionando em Israel desde julho de 2015, e se ele está expandindo para outros territórios, é porque funciona.

A ideia é interessante, mas na prática é um pouco mais complicado. Ao contrário da Uber onde é feita uma pesquisa sobre antecedentes dos seus motoristas, a Google já disse que não vai fazer o mesmo. Qualquer pessoa indo do ponto A ao ponto B pode oferecer espaço no seu veículo para estranhos – claro, todos registrados no app. Outro ponto curioso: para oferecer a corrida compartilhada através do Waze, o motorista não precisa de uma carteira de motorista profissional. O critério de confiança será alto.

Bom, é interessante lembrar que a função de corrida compartilhada no Waze está disponível em poucas regiões do mundo e ainda não houve espaço para discussões mais profundas. Como governos, taxistas (e até os motoristas do Uber) vão reagir a um novo conceito como esse? Como fica a segurança onde qualquer um pode ser “motorista” e lucrar com isso? E os futuros pedidos de regulamentação?

Por outro lado, podemos dizer a corrida compartilhada é a carona até o trabalho ficando mais fácil – o que para algumas pessoas será algo muito bem-vindo.

Para mais informações sobre tecnologias, fique ligado no Rota42 e em nossas páginas do Twitter e Facebook.

Tags : GoogleUberWaze
Thomaz Maioline

O autor Thomaz Maioline

Leitor de ficção cinetífica, hi-tech afficionado, fã de Seinfeld. Fanático com música, livros e quadrinhos. Caçador de barganhas.