close
GamesNotícias

Confira tudo o que rolou na conferência da EA!

A EA (Eletronic Arts) foi a primeira grande empresa a fazer sua apresentação na E3 2016 e já veio com um caminhão de novidades e lançamentos para esse ano e para o próximo.

Titanfall 2

Titanfall é o primeiro jogo da lista e já conta com uma novidade significativa em relação ao seu predecessor: a presença de uma campanha no modo single-player com uma narrativa a ser seguida. E ao que o tudo indica a história será baseada na relação entre piloto e máquina. (já consigo imaginar um arco dramático como do filme “O Gigante de Ferro”). Além disso, o modo multiplayer contará com novos robôs, mapas e mecânicas  – como aqueles ganchos que vemos serem usados o tempo todo no trailer. A EA prometeu um beta do multiplayer para os mais anciosos, mas a verdade é que Titanfall 2 chega para PC, Xone, e PS4 em 28 de outubro desse ano.

EA Sports

Não podiam faltar os games de esportes. A EA Sports exibiu o seus novos Madden 17 (que infelizmente não será dessa vez que terá sua versão para PC) e Fifa 17 (que terá um modo história só para os PCs, vejam só).

Em relação a esses dois jogos não foram mostradas muitas novidades práticas. O que significa que podemos esperar os mesmos Madden 16 e Fifa 16 com gráficos melhorados e um ou outro modo de jogo diferente (como no caso do Play the Moment no Madden 17). Na verdade a notícia mais relevante veio da engine usada para criar esses dois games. A frostbite que já é utilizada no Star Wars Battlefront e Mass Effect Andrômeda também foi incorporada aos principais títulos esportivos da EA, o que mostra que a EA definitivamente abraçou uma das melhores engines do mercado.

Mass Effect

A Bioware por sua vez, veio para exibir um pouco mais de Mass Effect Andromeda (é ai que começam os arrepios). Ao contrário da antiga trilogia, esse Mass Effect põe o jogador em um lugar onde ele é o alienígena. Um lugar com novas espécies inteligentes, novas tecnologias e planetas a serem explorados – uma ótima premissa para situar um modelo de reboot. No trailer podemos acompanhar um pouco de novas cenas do jogo como a aparição de duas espécies conhecidas – uma Asari e um Krogan – além do que parece ser a protagonista acordando de sua viagem até Andrômeda.

EA Originals

Com o notório crescimento dos jogos independentes, a EA anunciou nessa E3 que vai começar a participar, com mais força, desse nicho de mercado com a EA Originals. Essa nova partição da empresa nada mais é do que uma tentativa de incersão no mundo dos jogos indie ao criar incentivos para pequenos produtores com boas ideias para realizar seus sonhos e objetovs. Admito ser uma exelente iniciativa, desde que esses incentivos não venham com restrições as liberdades criativas dos produtores. Esses incentivos vão deste ajudas financeiras até de marketing, distribuição e segurança na produção dos games. Juntamente com o anúncio da EA Originals, veio a apresentação do primeiro jogo indie produzido por eles – o Fe. Bonito e inovador (como todo bom indie é), Fe conta a historia de uma criatura, aos moldes de um felino, que surge em uma floresta e precisa se descobrir como criatura viva ao interagir com o ambiente em volta dele. Porém um detalhe, as conexões serão feitas através de uma linguagem musical. Cada ser vivo terá sua própria música. Muito promissor.

Star Wars

Sempre que escuto a música tema de Star Wars tenho uma série de arrepios e não foi diferente nessa parte da apresentação da EA. Porém, os níveis de euforia ficaram por lá, pois a apresentação ficou somente nas promessas. Além de uma expansão para o Star Wars Battlefront, ficamos sabendo de dois games ainda no início de produçao. Um de ação em terceira pessoa que explorará uma era diferente da galáxia e e um segundo, que foi apresentado como misto de ação e aventura com previsão de lançamento para 2018.

Battlefield 1

Para finalizar sua apresentação, a EA mostrou um pouco mais do Battlefield 1, o seu blockbuster com o lançamento mais próximo. Vimos um pouco do característico gameplay intenso e caracteristico da série, porém com um novo “twist”. Um imenso zepellin sendo abatido por um avião e despencando do céu – imaginem voçês como soldados lé em baixo vendo esse espetáculo acontecer.

Objetiva e direta, essa foi a apresentação que a EA nos trouxe para a E3 2016. Eu diria que ela deixou a desejar um pouco na série Star Wars e me preocupou com foco maior em games multiplayers com poucas novidades em games com carreira solo. Até porque sou um fã de histórias bem contadas.

Para mais notícias sobre EA, e seus jogos incríveis, fique ligado no Rota 42

Tags : Battlefield 1E3EAFifa 17Mass EffectMass Effect AndrômedaRota42Star WarsTitanfall 2
Antonio "The Kraken"

O autor Antonio "The Kraken"

Vou me descrever usando o que já escutei de mim mesmo: esquisito. nerd do computador, velho rabugento, Goofy, "se demorasse 20 segundos a mais para nascer, nasceria uma mulher".