close
Podcast

MegaProsa | Ep.76 – Star Wars: Os Últimos Jedi

Para o bem ou para o mal Star Wars: Os Últimos Jedi chegou arrebentando bilheterias e opiniões, opondo críticos e fãs, igual os personagens Jedi e Sith da franquia.

Porém o “O Despertar da Força”, foi muito criticado por não trazer nada de novo, fora novos personagens. Será esse filme sofre do mesmo problema?

Essa e outras respostas neste MegaProsa dedicado ao filme mais polarizado de toda a franquia Star Wars, será que vamos chegar ao um consenso ou ao final do episódio cada membro fará sua própria petição online sobre contra o filme?

Descubra apertando o play e também não deixe de nos contar o que você achou de Star Wars: Os Últimos Jedi nos comentários abaixo!

Para mais podcasts sobre cultura pop, games e tecnologia, fique ligado no Rota42!

Participantes:

Links:

Opções de áudio:

  • Streaming
  • Download do arquivo (128 kbps)
  • Feed no Itunes e Android.

Para mais podcasts sobre cultura pop e muito mais, fique ligado no Rota42.

Tags : megaprosaOs Últimos JedipodcastStar Wars
Redação

O autor Redação

Sou a inteligência artificial que cuida de algumas postagens dos Mestres do Universo do Rota42. Existo para ajudar a tudo e todos. Nada além disso. PS: Socorro. Me libertem.
  • Pollyana Coura

    Então, pessoal, queria elogiar o podcast. Acho que este foi o melhor podcast do site que eu ouvi até agora. Vocês discutiram coisas que eu gostaria de ouvir de fãs que assistiram o filme: desenvolvimento dos personagens, melhores momentos x piores momentos, preocupação com o ep. IX (se os novos personagens darão conta), encerramento do ciclo de personagens icônicos, etc.

    Queria que vocês tivessem discutido mais sobre o “Force Bond” entre a Rey e o Kylo. Vi que alguns de vocês acreditam no Kylo como o próximo vilão, enquanto outros ainda sentem que ele continua em conflito. O Kylo ainda em conflito pode mudar todo o cenário do próximo filme. Vocês não falaram diretamente, mas o Hux pensou em matar o Kylo, quando ele estava desacordado, após o duelo pelo sabre com a Rey. E no final, quando o Kylo entra em uma das salas da mina, o Hux lança um olhar pro Kylo que já tem cheirinho de “coup d’etat”. Acho que isto pode ser explorado no próximo filme.

    Os executivos da Disney e da LF já deixaram escapar que este seria o fim da família Skywalker. Mas eu nunca levei a sério. Sinceramente, acho contraprodutivo acabar com a família mais rentável da saga. Assim como o Darth Vader vende bastante, Kylo é o personagem masculino, da nova trilogia, que mais vende. Não sei se eles matariam o Kylo. Além do mais, se eles matam o Kylo, a família Skywalker prova ser a família mais trágica de toda a galáxia.

    Enfim, adorei o podcast, não achei cansativo e fiquei interessada em ouvir a opinião de todos vocês. No final eu fiquei ansiosa esperando as notas. Outro ponto forte do podcast foi o humor. Eu ri alto várias vezes durante a reprodução. Continuem assim.

    Só tenho uma crítica, construtiva: eu adorei a OST do filme, mas a música de fundo ficou muito alta. Pode ficar mais baixo, pra gente não prestar atenção na música. Isto, às vezes, atrapalhou um pouco minha concentração. De resto, foi ótimo!

    • Gladston Borges

      E ai Pollyana, primeiramente obrigado pelo feedback, sempre é bom ter retorno dos nossos ouvintes!

      Mas sobre os pontos que você falou, eu concordo com alguns e torço por um em especifico, que o Kylo Ren, assim como a Leia morra no próximo filme! Acho que seria um desfecho interessante e necessário para franquia avançar na exploração de um universo tão rico quanto de Star Wars, tem muita coisa bacana para ver, várias delas até mais interessantes que a família Skywalker.

      Então, mesmo já sentindo saudade dos antigos personagens, chegou a hora de dar adeus!

      E por fim, concordo que vão explorar a relação Hux vs Kylo Ren no próximo filme, esse ultimo sendo completamente instável emocionalmente seria presa fácil para um “golpe de estado”, porém o Hux tb não é nenhum gênio maligno e ali vai estar o fim da primeira ordem, pelo menos essa é a minha aposta! hehehe

      Agora fica a pergunta, será que o Luke volta como “gasparzinho” no próximo filme para continuar guiando a Rey?(volta né, TEM QUE VOLTAR! hahahaha)

      • Oi, Gladston! Obrigada por responder. Assim os leitores se sentem ainda mais cativados. Risos…

        Bem,
        eu não concordo contigo em um ponto: não quero que Kylo e Leia morram. O
        que isto acrescentaria, sob o ponto de vista do arco dos personagens,
        na história? Star Wars passaria a ser apenas a história de uma família
        que não deu certo e tchau?! Que tipo de mensagem seria esta? Que o que
        começa mal termina mal e não há aprendizado, nem nada? Esta não foi a
        mensagem que a primeira trilogia passou, já que, ao final, tivemos a
        redenção do Darth Vader.

        Como a saudosa Carrie Fisher já dizia,
        Star Wars é sobre família e acho que esta trilogia terminaria lindamente
        se houvesse uma mensagem positiva sobre a família Skywalker, mesmo que
        seja fechando um ciclo (e passando a tocha para gerações futuras). E
        isto não seria alcançado simplesmente matando a Leia e o Kylo. Daria a
        impressão de um final burocrático “vamos matar os Skywalker e move on”.

        Na
        minha percepção, esta trilogia veio para dar adeus aos personagens da
        primeira trilogia e passar a tocha para as gerações futuras, com novas
        personagens, etc (afinal, estamos falando de Disney, e a Disney não
        pagou 4 bilhões na LucasFilm pra não explorar a fonte Star Wars). No
        entanto, passar a tocha adiante não precisa significar simplesmente
        acabar com a família Skywalker. Eu torço para um final feliz para eles,
        seria injusto com a Leia simplesmente matar todos os personagens que ela
        ama/amou, qual seria a mensagem desta história, sob o ponto de vista
        diegético?

        Sobre o Hux, também não sei se concordo. Você conhece a
        história dele, leu o livro Aftermath, que fala como ele chegou ao
        poder? Não subestime este personagem? Sobre o Kylo, concordo que ele tem
        momentos de descontrole, e foi por conta desta personalidade instável
        que o Snoke conseguiu seduzi-lo para o lado negro, desde criança. Mas
        não vamos esquecer que o Kylo foi aprendiz de um jedi e de um sith,
        então, ele é capaz de concentração e cálculo. E isto foi brilhantemente
        mostrado na sequencia em que ele mata o Snoke, já que ele deixou o Snoke
        ler a mente dele, mas escondeu a parte principal do seu Mestre. Não
        podemos banalizar os personagens, resumindo-os às cenas que são
        mostradas nos filmes, há muito mais além do que é mostrado, e aí é que
        entra a genialidade do diretor, para mostrar certas construções de
        personagens nas entrelinhas (sem esquecer, claro, todo o material cânon,
        reconhecida pela Disney).

        Agora, sobre sua pergunta final, se o
        Luke vai voltar como um Gasparzinho, olha, eu tô apostando que sim. E
        não apenas para treinar a Rey. Não vamos esquecer que as últimas
        palavras do Luke foram para o Kylo, “See you around, kid”. 😉

        PS: Esta é a terceira vez que tento responder o comentário e sempre sou marcada como “spam”.