close
NintendoNotícias

Nintendo NX | Mais rumores sobre o novo console da Nintendo

E os rumores sobre o novo console da Nintendo continuam.

De acordo com uma matéria publicada pelo Eurogamer, o Nintendo NX será um videogame diferente do que estamos acostumados. A publicação fala de um dispositivo portátil que se encaixa a um dock para TV, essa contendo dois controles destacáveis e que utilizará cartuchos, além de ser menos poderoso do que os consoles atuais Playstation 4 e Xbox One.

Segundo as fontes ouvidas, a ideia da Nintendo é simples: utilizando um portátil, os seus jogos estarão o tempo todo com você. Chegando em casa, basta conecta-lo ao dock e será possível jogar em uma tela grande. Segundo a matéria, o processamento será feito exclusivamente pelo portátil, cabendo ao dock apenas conecta-lo a uma tela externa – ao contrário dos rumores iniciais em que essa base daria mais poder de processamento ao aparelho.

Com relação ao hardware, o NX deve utilizar uma solução pronta (assim como Sony e Microsoft fizeram com seus últimos consoles de mesa) e adotar o Nvidia Tegra X1. Esse conjunto garante mais poder de fogo que o PS3 e X360, mas não chega perto do que a atual geração oferece. Por outro lado, com a aproximação do esperado anúncio do Tegra X2, temos mais uma opção para levar em consideração.

Todas as informações acima fazem muito sentido. No início do ano era dito que a Nintendo usaria chips AMD em seu novo console, mas tendo em vista o atual foco no portátil, fica difícil pensar em uma solução compatível da fabricante de processadores americana – ao mesmo tempo que o Tegra X1 ganha força.

Algumas pessoas já cantam o fim da Nintendo, que em breve ela estará fazendo jogos para as empresas concorrentes – e lucrando muito com isso. O que vejo aqui é uma mudança estrutural no modelo de negócios. Ao contrário de Sony e Microsoft, a empresa de Kyoto sempre utilizou dois consoles em simultâneo: videogame de mesa e portátil. Na época em que o Gamecube vendeu menos que o Xbox original, o Gameboy Advanced estava lá vendendo quase 82 milhões de unidades. Nintendo DS (154 milhões) e 3DS (60 milhões até maios de 2016) continuam com o sucesso.

Unificando dois departamentos em apenas um é uma boa alternativa. Se trata de uma decisão natural de otimização de recursos, o que vai refletir em mais jogos e certamente em mais suporte third party – algo constante nos portáteis, mas cada vez mais fraco desde o Snes.

Para mais informações sobre Nintendo NX e tudo o mais, fique ligado no Rota42.

Tags : NintendoNintendo NXPlaystation 4XBOX ONE
Thomaz Maioline

O autor Thomaz Maioline

Leitor de ficção cinetífica, hi-tech afficionado, fã de Seinfeld. Fanático com música, livros e quadrinhos. Caçador de barganhas.